Pesquisar este blog

Follow by Email

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Solidariedade aliada à educação


A educação, além de ser um direito humano, é um meio para realizar outros direitos. Através dela, problemas com a saúde, economia, corrupção, começam a amenizar. Segundo uma pesquisa da PNAD/IBGE, em 2009, no Brasil, 91,9% das crianças e jovens entre quatro e dezessete anos já estavam na escola. O artigo XXVI da Declaração Universal dos Direitos Humanos atesta que toda pessoa tem direito à educação, e, pelo menos no grau primário e secundário, ela será gratuita. Porém, nem todos têm acesso a uma educação de qualidade, ou nem mesmo a alguma forma de ensino.
Foto: Fabiely Bodelon
O primeiro artigo dos Direitos Humanos afirma que todas as pessoas devem agir em relação umas às outras com espírito de fraternidade. A carência afetiva das crianças, a ausência de alguns valores e princípios, e a insuficiência do ensino público, levaram a Fraternidade Espírita Francisco Peixoto Lins, no Recife, a desenvolver um grupo de apoio escolar para crianças e adolescentes. O “Peixotinho”, como também é chamado, recebe cerca de 40 alunos de terça à sexta feira. As crianças chegam ao meio dia para almoçar na instituição, e às 16h, depois do apoio educacional, e de lancharem, seguem para casa. O projeto de reforço escolar completa oito anos, e em 2006, viu-se a necessidade de oferecer alimentação, tudo obtido através de doações.
Os alunos são divididos em quatro salas de aula conforme a série escolar, e, com professores voluntários, reforçam os assuntos dados no colégio. Cada dia da semana é uma disciplina e uma professora diferente. Nas sextas-feiras é o dia de artes, os alunos podem escolher entre pintura, bordado e bijuterias. Quem quer ampliar suas habilidades, pode optar entre teatro, música, canto, dança, cursos oferecidos depois do horário de aula. Aos sábados, o centro também oferece atividades, aproximadamente 160 crianças participam da evangelização, onde adquirem valores de comportamento, cidadania, higiene, etc. Durante a semana, não só as crianças, mas também seus familiares e outras pessoas carentes recebem atendimento médico de várias áreas. Dentistas, ginecologistas, psicólogos, pediatras, dentre outras especialidades, prestam serviço voluntário no Peixotinho. Na segunda-feira, por exemplo, é o dia de atendimento para prevenção de câncer.

Por Fabiely Bodelon

Nenhum comentário:

Postar um comentário